Usuários On-line

Temos 78 visitantes e Nenhum membro online

Clube do Livro

 
assinar

Eventos

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Ética é a parte da filosofia que estuda os valores morais e os princípios ideais de conduta humana.

Enquanto a moral diz o que fazer, a ética ensina como viver, ambas tendo como objetivo maior a felicidade do indivíduo.

Aristóteles entendia que todas as coisas tendem para o bem, isto é, o bem é a finalidade de todas as coisas. A ética, neste contexto, é o caminho para alcançar este bem maior.

O bem leva cada indivíduo a ser capaz de viver com os outros.

A ética, no campo individual, prepara terreno para a política, no campo coletivo.

Para Aristóteles, a finalidade da política é a busca do bem de todos os homens. E qual é esse bem? A felicidade. Felicidade não como um sentimento passageiro, que se instala e vai embora, ao contrário, é obra de uma vida inteira.

O homem é o único animal ético que existe. Essa consciência ética nele existe em potencial, aguardando que seja desenvolvida mediante e após o autodescobrimento, a aquisição de valores e virtudes.

Sem ética o homem apresenta conflitos que o atormentam, dificultando-lhe discernir entre o certo e o errado, o bem e o mal, o bom e o pernicioso.

Ainda dominado pelo egocentrismo da infância, de que não se libertou, pensa que o mundo existe para que ele o desfrute, e as pessoas para que o sirvam, disputando e tomando à força, o que supõe lhe pertencer.


Uma conduta ética, por sua vez, permite que ele busque sua felicidade jamais prejudicando a felicidade dos outros.

Uma conduta ética permite que tenha a liberdade de não precisar esconder nada de ninguém, de fazer o certo mesmo que ninguém esteja olhando ou julgando.

Aprendemos que as leis de Deus se encontram inscritas na consciência do homem. As leis são o código moral. A vida ética é aquela que lhe permite viver em paz com sua consciência.

*   *   *

Precisamos de ética, urgentemente.

A vida feliz não está na busca dos prazeres materiais, mas na conquista das virtudes da alma, que nos permitem viver em harmonia conosco mesmos e com o próximo.

Certo e errado são apenas direções que nos apontam para a felicidade ou para longe dela.

Na vida de relação, o respeito à felicidade alheia promove, indiretamente, a obtenção da nossa própria.

A vida ética é mais simples. A vida sem ética é complexa, repleta de segredos, de aflições, de expectativas e receios.

Tudo se torna frágil. A mentira pode ser descoberta. Os segredos podem ser revelados. Podemos ser desmascarados a qualquer momento.

Só vive em paz consigo mesmo e com o mundo quem é ético.

Precisamos de ética, urgentemente. E ética se ensina e se aprende, essencialmente, através do exemplo e desde quando estamos no ventre materno.

Assim, aqueles que somos pais, não nos preocupemos apenas com o mundo que estamos deixando para nossos filhos mas, principalmente, com os filhos que estamos deixando para o mundo.

Se queremos representantes e administradores mais éticos, eduquemos aqueles que logo mais estarão nessas importantes posições.

Se queremos uma sociedade, um país mais ético, comecemos por nós mesmos.

Redação do Momento Espírita, com base no cap. 12, do livro O homem integral, pelo Espírito Joanna de Ângelis, psicografia de Divaldo Pereira Franco, ed. LEAL.